segunda-feira, 30 de abril de 2012

Fuja da falta de desejo sexual e apimente a relação

19/04/2012 -- 08h58
A perda da libido é uma queixa mais comum do que se imagina. A boa notícia é que ela pode ser superada sim!
Redação Bonde
 
Reprodução
Rotina, excesso de trabalho, baixa autoestima e alterações hormonais são alguns dos problemas que podem diminuir o interesse pelo sexo. E, ao contrário do que muitos imaginam, esta é uma reclamação tanto dos homens quanto das mulheres, das mais variadas faixas etárias, que se angustiam por não conseguir corresponder aos anseios do parceiro.

"O estresse do dia a dia, como a preocupação com as contas a pagar, as cobranças do chefe e o cuidado com os filhos, acaba por afetar, e muito, o desejo sexual. Além disso, a queda da libido feminina pode ser consequência de alterações hormonais decorrentes da redução do nível de testosterona. Esse sintoma pode ocorrer no período pós-parto, na menopausa e até mesmo pelo uso crônico da pílula anticoncepcional", conta a ginecologista e sexóloga Carolina Ambrogini, coordenadora do programa Afrodite de Sexualidade Feminina, da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).


No entanto, apesar de a vida moderna trazer tantas tensões e, consequentemente, acabar prejudicando o interesse pelo sexo, há uma boa notícia: hoje em dia, as pessoas prestam mais atenção no assunto e querem conviver bem com sua sexualidade. Enquanto no passado se resignavam às limitações impostas pela falta de desejo e acabavam se conformando, atualmente elas se preocupam com o problema e procuram uma solução. "Um dos primeiros passos para recuperar a libido é tentar descobrir os motivos que levaram a esta situação. Às vezes, uma discussão mal resolvida pode afetar o desempenho na cama, e o casal nem se dá conta disso. Outros problemas comuns, que infelizmente prejudicam muitos relacionamentos, são o cansaço, a rotina e até mesmo o comodismo. Concentrados na correria diária, muitos casais abrem mão de carinhos como o beijo na boca e acabam tendo uma relação fria e distante. Diante dessa indiferença, o sexo perde espaço em suas vidas, fica em segundo plano", comenta o urologista e sexólogo Celso Marzano.

A receita para recuperar o prazer é ser criativo e não se acomodar. "É essencial compreender que a satisfação sexual é muito importante para o vínculo do casal, pois ela favorece a cumplicidade e fortalece a união. Por isso, use a imaginação e crie situações que possam aumentar o desejo: passeie de mãos dadas, namore, beije, planeje um jantar romântico ou um final de semana a dois", sugere Carolina. Outro passo importante é fortalecer sua autoestima! "Sentir-se mais atraente e sexy é fundamental para despertar o interesse pelo sexo. Procure cuidar mais do seu corpo, use uma lingerie sensual, enfim, invista em atitudes que possam deixá-la mais feliz e segura com sua aparência", aconselha Celso. (Fonte: Portal Vital/Unilever)

UMA PEQUENA AÇÃO PODE SER UM GRANDE PASSO PARA MELHORAR ESTE PAÍS

Se isto for aprovado ja vai ser um grande passo
para o futuro deste país. MANIFESTO - EMENDA CONSTITUCIONAL 2012
Repassem Obrigado.
_MG_0108-1.JPG
Ac. ELÍ JOSÉ CESCONETTO cadeira 3 da ACO
MANIFESTO - EMENDA CONSTITUCIONAL 2012
Manifesto

Peço a cada destinatário para encaminhar este e-mail a um mínimo de vinte pessoas de sua lista de endereços e, por sua vez, pedir que cada um deles faça o mesmo.

Em três dias a maioria das pessoas no Brasil terá esta mensagem. Esta é uma idéia que realmente deve ser considerada e repassada para o Povo.

Lei de Reforma do Congresso de 2012 (emenda da Constituição do Brasil):

1. O congressista receberá salário somente durante o mandato. E não terá direito à aposentadoria diferenciada em decorrência do mandato.

2. O Congresso contribui para o INSS. Todo o fundo (passado, presente e futuro) atual no fundo de aposentadoria do Congresso passará para o
regime do INSS imediatamente. O Congressista participa dos benefícios dentro do regime do INSS exatamente como todos os outros brasileiros. O fundo de aposentadoria não pode ser usado para qualquer outra finalidade.

3. O congressista deve pagar para seu plano de aposentadoria, assim como todos os brasileiros.

4. O Congresso deixa de votar seu próprio aumento de salário, que será objeto de plebiscito.

5. O congressista perde seu seguro atual de saúde e participa do mesmo sistema de saúde como o povo brasileiro.

6. O congressista está sujeito às mesmas leis que o povo brasileiro.

7. Servir no Congresso é uma honra, não uma carreira. Parlamentares devem servir os seus termos (não mais de 2), depois ir para casa e procurar emprego. Ex-congressista não pode ser um lobista.

8. Todos os votos serão obrigatoriamente abertos, permitindo que os eleitores fiscalizem o real desempenho dos congressistas.

Se cada pessoa repassar esta mensagem para um mínimo de vinte pessoas, em três dias a maioria das pessoas no Brasil receberá esta mensagem.

A hora para esta emenda na Constituição é AGORA.

É ASSIM QUE VOCÊ PODE CONSERTAR O CONGRESSO. Se você concorda com o
exposto, REPASSE, se não, basta apagar.

fraternalmente
Prof. MSc. Claudio Luiz do Amaral Santini
Vice-diretor "pró tempore" do Núcleo de Tecnologia - NT
Diretor da Diretoria de Engenharia e Arquitetura - DIREA/PPROPLAN
Docente do Departamento Educacional de Engenharia Civil - DECIV
Fundação Universidade Federal de Rondônia - UNIR
fone: 69 2182-2070 - cel: 9981-2851
Skype: santini,c.l.a.
 
 

(PP) + (PTB), SERÁ QUE AGORA A COISA VAI?.

APÓS O (PSD) NAMORAR O (PV), O (PP) ESTÁ NAMORANDO O  ( PTB), SERÁ QUE VAI?

Esta segunda feira véspera de feriado nacional, o clima político está quente nesta fria cidade do tórrido norte. Depois dos filiados do (PSD) ter decidido ofertar apoio ao atual prefeito municipal-desafeto declarado de nosso deputado-em sua caminhada rumo à reeleição, agora está correndo pelas ruas e ruelas da cidade que está quase pronto um fechamento para que o candidato à majoritária do (PP) faça coligação com o (PTB) que indicará um nome para entrar como VICE na chapa. Certamente esta é uma coligação que pode prosperar, pois a informação que o senador Valdir Raupp, e do vereador Cirilo Guedes, de que um conhecido político ofereceu apoio irrestrito ao candidato local do (PMDB) não tinha a mínima coerência, que o diga o presidente estadual do (PP) que esconjurou a possibilidade de seu partido se coligar com o (PMDB) local. O vereador tinha certeza quase que absoluta que poderia vingar a coligação. Lógico que uma coligação do candidato do (PP) de Ivo Cassol, com um candidato do (PTB) de Nilton Capixaba, tem tudo para vingar e prosperar, afinal os partidos tem afinidade na política estadual que pode ser capitalizada para as coligações municipais.  Este ano a eleição vai ser algo nunca antes visto nestas terras do norte, pois os que detinham o poder na "base do grito" estão sentindo que o danado não aceita muitos desaforos, alias os eleitores, e que o mesmo acaba se esvaindo pelo vão dos dedos. Afinal, estamos na era da informação, de jovens educados, estudados, politizados e bem informados que não se deixam levar por discursos falsos moralistas e populistas, que significaram o atraso de muitos municípios rondonienses, inclusive de Machadinho do Oeste, minha terra maravilhosa que não merece ser maltratada por uns poucos em detrimento de muitos que aqui vivem e trabalham.
Vereador Amauri Valle 30/04/12
Tenho dito!

VEREADOR AMAURI VALLE, RELATOU PROJETO AUTORIZANDO ASFALTO NO BAIRRO PRIMAVERA.


Os vereadores Amauri Valle, (relator), Ezequiel Junior (presidente) e Eliomar Patrício  ( membro) acabam de relatar  projeto de Lei autorizando o Executivo Municipal ( prefeito) a investir a importância de  R$ 306.123,00 ( trezentos e seis mil cento e vinte e tres reais) de recurso liberados para a prefeitura municipal através do programa Calha Norte, oriundo de emenda parlamentar do Senador ACIR GURGACZ, cujo montante deverá ser investido na asfaltamento de Ruas e Avenidas no bairro PRIMAVERA. Os moradores e moradoras do bairro Primavera são merecedores destas melhorias que a tempo vem sendo solicitada e cobrada pela comunidade. Os vereadores apoiam integralmente o projeto de Lei que deverá ser votado nesta segunda feira para que as obras se iniciam com a maior brevidade possível. O VEREADOR AMAURI VALLE, agradece ao SENADOR ACIR GURGACZ, por ser "GRATO" ao povo que ajudou a elege-lo  como nosso representantes no senado federal. O povo quer que os seus parlamentares após eleitos cumpram as promessas de campanha  e não privilegiem com recursos moradores de municípios distantes, muitos dos quais nunca nem ouvimos falar o nome, cujos moradores apesar de não terem votado são beneficiados. O povo saberá dar o troco na urnas aos políticos que sobem nos palanques e esbravejam palavrões, se arrojam como os verdadeiros"salvadores da pátria" mas depois de eleitos ao povo uma o povo está não é mais bobo.

EPIFÂNIA ABRE O JOGO, PARA DESESPERO DE MUITOS PALADINOS DA MORALIDADE.

Epifânia abre o jogo

Por Valdemir Caldas

Antes do depoimento da deputada Epifânia Barbosa (PT) à Polícia Federal, apanhada na Operação Termópilas, houve quem subisse à tribuna da Assembléia Legislativa e dissesse, em alto e bom tom, para que todos escutassem, que, se o seu nome aparecesse no escândalo, renunciaria ao mandato. Só faltou o cidadão jurar pelo rei de ouros (sem nenhum trocadilho). 

Pois é. O círculo está-se fechando. Segundo a petista, dezesseis parlamentares (à exceção dela, é claro) teriam recebido propina do deputado Valter Araújo (PTB), para elegê-lo presidente da ALE. Os beneficiários teriam ficado hospedados numa fazenda de Araújo ou num hotel, em Manaus, dias antes da eleição da mesa diretora, hoje, presidida, temporariamente, por José Hermínio Coelho (PSB), que afirmou ter votado em seu colega Valter. 

A população já sabe os nomes dos “confinados”, de cor e salteados, nem precisa mandar investigar. São os mesmos fariseus que enchem a sua paciência com asnices e clichês superados, com boçalidades e futilidades, ambulantes por noticiário fácil. Um deles ainda tem a cara de pau de posar de paladino da moralidade pública. Mas a máscara começou a cair. Logo, não restará pedra sobre pedra. Por isso, convém colocar a barba de molho. 

Enquanto isso, a Comissão Parlamentar Processante não sai do marco zero. De tão óbvia, a justificativa parece supérflua. A postura da CPP não somente contrasta, visceralmente, com o empenho da Polícia Federal e do Ministério Público, como também representa uma afronta inominável à população, que, nos últimos tempos, tem sido brutalmente humilhada, agredida e desrespeitada por políticos e dirigentes públicos cúpidos e furta-cores. 

Agindo assim, a CPP simplesmente ignora o resultado de uma investigação criteriosa e responsável, que consumiu anos de trabalho de profissionais sérios e competentes, e apontou como o dinheiro público era canalizado para os bolsos de políticos messiânicos, os quais já deveriam ter sido entregues à Justiça, para colocá-los nos seus devidos lugares. 

Mas essa não parece ser a preocupação nem do presidente em exercício da ALE, José Hermínio Coelho, nem da CPP, já que todos os acusados permanecem livres, leves e soltos, zombando da cara da população. 

Verdadeiramente, as exigências éticas da sociedade nada significam para muitos do que ali têm assento. Ao defeito da surdez, ajunta-se outro, o da cegueira mental. 

Lamentavelmente, a impressão que se tem é a de que ninguém está nem um pouco preocupado em exerce, com dignidade e respeito ao povo e aos cofres públicos, o mandato para o qual foram eleitos. 

Os temores do povo, com relação ao Poder Legislativo, tendem a avolumar-se (com justificadas razões, é claro). Por enquanto, uma indagação já começa a espraiar-se no seio da sociedade: que moral tem esse poder para cobrar correção dos demais?

Fonte:tudorondonia

domingo, 29 de abril de 2012

ASSOCIAÇÃO DOS CORNOS LANÇA CANDIDATURA A PREFEITO.

"Corno sim; corrupto não!"

Presidente da Ascron lança pré-candidatura à prefeitura de Porto Velho

"Corno sim; corrupto não!".
Fonte: Oobservador.com

O presidente da Associação dos Cornos de Rondônia (ASCRON), Pedro Soares, lançou sua pré-candidatura à prefeitura de Porto Velho, pelo Partido Democrático Trabalhista (PDT), durante solenidade que aconteceu na sede do Diretório Estadual, na noite de sexta feira da semana passada. Soares vai bater chapa com mais quatro concorrentes, dentre eles, o professor Mário Jorge e o jornalista Dalton di Franco. 

Caso seja escolhido para representar o partido no pleito de outubro próximo, Soares afirmou que o slogan da sua campanha será: “Corno sim; corrupto não!”. Para ele, é mais vergonhoso meter a mão no dinheiro público do que pegar um par de chifres. “Muitas pessoas veem o chifrudo com compaixão e até com certo respeito, mas o político corrupto, esse é abominado pela sociedade”. 

Uma vez eleito, Soares disse que vai trabalhar para melhorar as condições de vida das famílias carentes. As áreas da educação, saúde, saneamento básico e cultura, serão prioridade na sua administração. “No meu governo, o servidor público será valorizado. O mesmo acontecerá com os pequenos e médios empresários, aos quais prometo, desde já, reduzir impostos, taxas e emolumentos. Em tempos de preservação, não podemos esquecer-nos de arborizar a nossa cidade, pois moramos numa região onde as temperaturas são altíssimas”, explicou soares. 

“Não vou fazer como Roberto Sobrinho (PT), que está no cargo há quase oito anos e não fez absolutamente nada pela nossa cidade. Com tanto dinheiro que recebeu do governo federal, ele não conseguiu sequer construir um viaduto. Porto Velho não tem cara de capital. Quem anda pelos bairros da zona leste, por exemplo, tem a impressão de que ali houve um grande bombardeio, devido à grande quantidade de buracos, que toma conta das vias. Mas isso não parece incomodar Sobrinho, que vai deixar o palácio Tancredo Neves, carregando o troféu de o mais incompetente dos prefeitos”, espinafrou Soares.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

PORQUE TENHO ORGULHO DE NOSSOS PARLAMENTARES FEDERAIS.


Deputado Moreira Mendes e Amauri Valle
Durante a participação do 4º e 5º encontro de vereadores realizado em Brasilia, em 2011 e 2012, na qual os Edis de Machadinho e de grande parte de Rondônia se fizerem presentes ao evento, foi oportunidade única de aprimorar os conhecimentos legislativos, aumentar a base de contatos, visitaros gabinetes dos parlamentares e participar dos eventos que estão mudando a cara do Brasil, como a votação da CPMI do "Cachoeira" e do Código ambiental, realizado nesta semana no congresso nacional, que por deferencia especial do Presidente do meu Partido(PR) Miguel de Souza, e dos parlamentares: Acir Gurgaz, Marcos Rogério, Carlos Magno e Moreira Mendes, me foi possibilitado participar das acaloradas discussões estando dentro do olho do furação. Neste momento que vi a importância de homens e mulheres preparados para o exercício do cargo, pela complexidade, pelo cansativo trabalho, e pelo imenso cabedal de conhecimentos que um legislador deve ter para ser "diferente" naquele mar do mesmo. Quando se trata de questões ambientais e ligadas a produção no campo o Deputado Federal Moreira Mendes se sobressai de maneira impar em relação aos seus pares. Isto pode ser verificado andando pelos corredores do congresso e ver o assédio da imprensa sobre o parlamentar com relação as questões florestais. Além da importante participação de nossos parlamentares nas questões cruciais para o Brasil e Rondônia, nossos deputados e senadores, são quase que uma unanimidade e exclusividade no encontro de vereadores.  O vereador Amauri Valle, e certamente os demais vereadores de Rondônia se sentem prestigiados horados e orgulhos de verem constantantemente ser chamdo para a mesa um parlamentar de nosso estado que está visitando o envento, onde se fazia presente aproximadamente quinhentos Edis de todo o Brasil, que são representados por 509 deputados e 78 senadores, e nunca viram o rosto de ninguém para ser chamado de seu. Parabéns aos nosso parlamentares, pelo estímulo e forma de tratar os vereadores do estado de Rondônia, os legítimos representantes do povo nas bases tão necessárias aos parlamentares.

FINALMENTE O CÓDIGO FLORESTAL FOI VOTADO

Por 274 votos a favor, foram aprovadas as alterações feitas pelo relator Paulo Piau (PMDB-MG) ao texto do Código Florestal do Senado.  Votaram contra 184 deputados e dois se abstiveram. Com isto, o Código libera benefícios e crédito agrícola para quem desmatou, tira a proteção em torno de nascentes de rios e permite a consolidação de áreas desmatadas em topos de morro e manguezais.
O texto retira artigo que impedia o recebimento de crédito agrícola por produtores que não promovessem a regularização ambiental em cinco anos, a partir da data de publicação da lei. Para os ambientalistas, o texto do Piau não pune mais quem demorar para se legalizar e não incentiva que os desmatadores regularizem suas propriedades. Além disso, o texto aprovado tira artigo do Senado que dizia que "benefícios previstos não poderão ser concedidos a imóveis onde tenha ocorrido supressão ilegal de vegetação nativa após julho de 2008".
Ainda segundo os ambientalistas, os Estados não estão capacitados para definir quais são as produções consolidadas que podem permanecer nas áreas desmatadas e como deve ser o reflorestamento, quando for o caso. Eles acreditam o prazo de cinco anos é curto para que os Estados criem, aprovem e coloquem em prática este programa de regulamentação.
Além disso, o texto traz de volta trecho do texto da Câmara, que conta as APP (Área de Preservação Permanente) como Reserva Legal e permite contar regeneração, recomposição e compensação como área a ser preservada.
Deputados estão reunidos em plenário desde a manhã desta quarta-feira (25) para debater e votar a reforma que altera a legislação nacional sobre florestas e vegetação nativa em propriedades privadas. A lei já tramita no Congresso há 12 anos e foi aprovada ano passado em ambas as Casas. Agora o texto vai para sanção da presidente Dilma Rousseff.
A votação foi nominal porque as bancadas do PSB, PC do B e PP racharam e os líderes destes partidos liberaram seus deputados para votar como quisessem, agradando ou ao governo federal ou o seu eleitorado local. O PT, PRB, PV e PSOL votaram pelo texto do Senado.
O novo parecer retira a divisão por categorias dos produtores rurais para recebimento de incentivos, por acreditar que esta não é a função do Código, e dispensa a proteção de 50 metros em torno de veredas (nascentes e várzeas de rios e região com maior abundância de água na caatinga) deixando apenas as veredas como APPs. Segundo ele, esta faixa no entorno seria muito grande e só a preservação da nascente já seria um grande avanço. Ele ainda elimina um dispositivos que vinculava destinação de recursos à recomposição.
Mantida proteção para margens de rios com até 10m de largura
Anteriormente, os deputados já tinham aprovado os trechos do texto do Código Florestal do Senado que foram mantidos pelo relator na Câmara. Isto inclui a necessidade de recomposição de vegetação em 15 metros das margens de rios de até 10m de largura e a desobrigação para o pequeno proprietário de recompor suas áreas desmatadas até 2008. Estes artigos tinham sido retirados do parecer do peemedebista, voltaram após ser apontada irregularidade, e geraram grande polêmica.
Os proprietários de terra de até 4 módulos fiscais (que varia de tamanho de acordo com o Estado) têm a prerrogativa de manter o desmatamento até 2008. Quando este artigo foi retirado inicialmente por Piau, ambientalistas temeram que o benefício fosse subentendido para todas as propriedades.
 As faixas de recuperação ao longo de rios com largura acima de 10 metros permanecem temporariamente indefinidas. No texto do Senado este valor era definido, mas do da Câmara, aprovado em maio de 2011, não. Agora eles votam se os trechos retirados do Senado pelo relator voltam ou não.
Todos os partidos concordaram em aprovar o texto do Senado, com exceção do PSOL e do PV que entraram com obstrução.
Destaques
Foram apresentados 14 destaques ao texto -- trechos a serem acrescidos ou retirados do texto já aprovado. Os ruralistas obtiveram duas vitórias com os apicuns e salgados, destinados a criação de camarão, foram retirados de área de proteção. Os manguezais permanecem. Outra vitória foi a retirada de artigo que estipulava que os dados do CAR (Cadastramento Ambiental Rural) fossem públicos e visíveis na internet.
Sobre as áreas de proteção em áreas urbanas, ficou decidido que seu tamanho fica a cargo do plano diretor municipais e estaduais.
Veja a seguir as principais divergências entre os textos da Câmara e do Senado e o que o texto de Piau propõe. Nesta fase do processo legislativo, o Regimento Interno não permite a criação de novos textos, apenas a montagem da redação final com partes do substitutivo do Senado e da Câmara; ou a aprovação integral de uma das versões.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

VEREADOR AMAURI CONVERSA COM O MINISTRO CRIVELA.

Ministro Marcelo Crivela - Vereador Amauri Valle
Nesta segunda feira, o Vereador Amauri Valle, conversou com o Ministro da Pesca Marcelo Crivela, sobre a sua atuação frente ao Ministério da Pesca, agradeceu a gentileza do Ministro por ter visitado o Estado de Rondônia logo após a sua posse, no que o ministro gentilmente disse que foi um prazer ter visitado o Estado. Amauri Valle aproveitou a oportunidade para informar ao ministro das potencialidades aquícola que temos em Machadinho do Oeste, no que o Ministro Marcelo Crivela concordou dizendo que é a terra do Tambaqui. O vereador solicitou ao Ministro que seja dado apoio ao setor de cultivo e produção de pescados em cativeiro, pelo seu grande potencial produtivo, baixo impacto ambiental, fixador do homem na terra, especialmente o pequeno e o médio produtor rural, que tem no peixe uma fonte de renda garantida. Amanha o secretário de Meio Ambiente Hudson Salomão e o Vereador Estácio Salomão, vão visitar o ministério da pesca em busca de recursos através de projetos de investimentos em nossa cidade, fruto da conversa dos vereadores com o ministro.  Hoje a participação no evento rendeu bons frutos em conversas com os parlamentares e ministros.
Brasília 24/04/12 as 1:53 hs
Amauri Valle.
Tenho dito!

USINA DE MACHADINHO ASSESSOR DE PADRE TON GARANTE QUE NÃO SAI, E AGORA?.

Sinceramente não sei em que acreditar com relação a usina de Tabajara, logo após a conversa com o Senador Valdir Raupp, encontrando o  LIMA prefeito de Theobroma, fui visitar o deputado Marcos Rogério, e o Padre Ton. O Padre não se encontrava no gabinete, mas conversando com Luiz seu assessor, sobre a questão da usina, o mesmo foi taxativo em afirmar que a usina de Tabajara não está no plano energético decenal que vai até 2020. Segundo o assesssor do deputado federal,  Machadinho tem que unir Prefeito e Vereadores e lutarem  para que a mesma seja incluida no plano energético que vai até 2030, pois o ministério das minas e energia conhece e reconhece o potencial  de geração de energia do Rio Machado, mas não está nos planos de investimentos do atual momento. Segundo Luiz devemos aproveitar para preparar o Município para o impacto que a usina certamente causará na cidade. Agora estamos diante de um impasse,  de um lado temos a garantia que a usina será licitada e as obras iniciadas até 2014 e da outro a garantia que não sai antes de 2020/23. Teremos a oportunidade de saber até dia 21 de maio o que realmente está por acontecer com este empreendimento,  por isto é importante a mobilização da sociedade associação comercial, sindicatos, professores, lideranças comunitárias, vereadores e prefeito para participarmos ativamente da audiência a ser realizada pelo Senador e que seja cobrado dos interlocutores a verdade, nada mais que a verdade sobre a questão energética de Machadinho do Oeste.
Brasília, 24/04/12 as 1:36 hs
Amauri Valle
Tenho dito!

SENADOR RAUPP GARANTE QUE A USINA DE TABAJARA VAI SER LICITADA

Raupp e o Vereador Amauri em Brasilia.


Nesta segunda feira dia 23 de abril, participando do 5º congresso das câmaras de Vereadores, que esta sendo realizada em Brasília, o vereador Amauri Valle, conversou longamente com o  Senador Valdir Raupp, (PMDB), sobre questões políticas de Machadinho do Oeste e principalmente sobre o que mais aflige os investidores e a população de um modo geral, que se chama: Usina Hidrelétrica Tabajara. O vereador inquiriu  o senador sobre o debate realizado  durante a audiência pública realizada em Machadinho, e organizada pelo Vereador Amauri Valle, (PR), na qual os palestrantes e o próprio senador  ficou implicíto para os participantes que o canteiro de obras seria instalado até o final de 2012. A poucos dias vem para Machadinho o deputado federal Padre Ton e o Prefeito Roberto Sobrinho ambos do (PT) em reunião na ACC em presença de centenas de agricultores e moradores da cidade, o parlamentar e principalmente o prefeito, foram taxativos em afirmar a todos os presentes que esta obra somente de 2023 em diante. A afirmativa dos políticos foi um balde de água fria no povo desta cidade, criando  uma situação política complicada para o lider do (PMDB) e para os demais políticos locais. Hoje, em longa conversa com o senador, o vereador Amauri Valle, cobrou do parlamentar um posicionamento sobre a questão, uma  e seria de bom alvitre que o senador nos desse uma luz sobre o tema recorrente. Valdir Raupp, como sempre, foi muito receptivo ao pedido e mandou informar ao povo de Machadinho que podem se tranquilizar pois entre o dia  18 e 21 de maio do corrente, fará nova audiência pública em Machadinho, acompanhado do pessoal do ministério da Minas e Energia, Eletronorte, Eletrobrás, empreiteiras  e se for possível  até o ministro das minas e energia para dizer ao povo de machadinho que a usina de tabajara sai!. O senador foi taxativo em afirmar que até final de 2013 estará sendo licitada a obra e que no mais tardar em 2014 se inicia os trabalhos. Alentai-vos povo de Machadinho, pois nem tudo está perdido, garante o Senador Valdir Raupp.
Amauri Valle,  Brasília 2/04/12 00:57 hs
Tenho dito!

terça-feira, 24 de abril de 2012

VEREADORES PARTICIPAM DE CONGRESSO EM BRASÍLIA

Os vereadores de Machadinho do Oeste, estão participando do 5º congresso da câmaras de vereadores em Brasília. Um evento de grande importância no aprendizado dos legisladores, pelos temas tratados, pelos palestrantes e pela grande quantidade de informaçãos que estamos absorvendo e pelas mudanças que estão em curso. Hoje foi tratado da questão do destino dos resíduos sólidos ( lixão), pois a partir até agosto deste ano as Câmaras deverão obrigatoriamente ter aprovado a lei dos resíduos sólidos, pois até final de 2014 os municípios terão que dar um destino correto ao lixo produzido pelos seus moradores, no nosso caso, obritoriamente teremos que participar do consórcio do Vale do Jamari, capiteneado pelo Município de Ariquemes,  composto por 14 municípios.  Não mais será permitido lixão a céu aberto, será obrigatório os resíduos serem corretamente depositados nos aterros sanitários, que  está sendo construido em Ariquemes com recursos do território da cidadania, para atender a demanda dos 14 municípios integrantes do consórcio,  Machadinho inclusive. Penso que temos a urgente necessidade de mudar alguns hábitos iníciando  a sistemática separação do lixo para que os produtos orgânicos sejam devidamente compostados e utilizados como fertilizantes,  os produtos que podem ser reciclados devem ser corretamente aproveitados para minimizar a quantidade de detritos a serem transportados até Ariquemes além de ser uma fonte geradora de riqueza para as cooperativas de catadores. Hoje somos agentes ativos das importantes mudanças que estão em curso na sociedade brasilieira  exigindo cada vez mais gestores preparados para adminstrar as novas demandas e exigências legais, em especial as de cunho socio-ambiental.
Brasília 24/04/12
Amauri Valle - Vereador
Tenho dito!

domingo, 22 de abril de 2012

ANIVERSÁRIO DE 25 ANOS DO CENTRO ESPÍRITA UNIÃO DO VEGETAL.

Domingo dia 22 de abril, me fiz presente juntamente com minha família ao centro espírita União do Vegetal (chá do mariri), núcleo mestre Hilton em Machadinho do Oeste. Às 12 horas foram hasteadas as bandeiras do Brasil, Rondônia e da União do Vegetal,  onde todos os presentes cantaram o Hino Nacional e o lindo hino da união do vegetal acompanhado por centenas de irmãos e de visitantes. Ato contínuo foi inaugurado o  novo prédio que vai abrigar a história do centro Mestre Hilton. Tudo transcorreu sob os auspícios de Luz, Paz e Amor. Após o hasteamento das bandeiras e inauguração do  prédio foi servido fausta refeição a todos os presentes, e como é de praxe no centro, foi oferecida saborosa comida, tempero impecável e servido com amor pelos irmãos do centro que se dedicam à cozinha e a fundamental churrasqueira. A união do vegetal é o exemplo cabal que uma boa idéia na cabeça de um homem iluminado por Deus, é sempre fecunda, floresce e propicia bons frutos. Mestre Gabriel um humilde nordestino que se embrenhou pelas matas do Acre em busca do leite da seringa, teve contato com o chá e  consegui que o mesmo não só não sucumbisse após sua morte como cresceu substancialmente, hoje estando presente em todos os estados da federação e em muitos países da Europa e das Américas inclusive nos Estados Unidos. Aquela humilde casa dos idos de 1985, onde se reuniam 07 abnegados irmãos que recém tinham chegados à Machadinho, se transformou em uma grande obra não só material como espiritual, contando hoje com 100 irmãos sobre a presidência do mestre Adão. Muito obrigado pelo convite, o Vereador Amauri Valle e sua família sentem-se honrados em ter um lugar reservado nesta grande família que prega a Luz, Paz e Amor, tão caros à humanidade nos dias de hoje. Que o Mestre Gabriel esteja sempre presente ilumine os seus e que ao completar 50 anos tenha centenas de filiados e seja uma grande obra neste município que viva para a eternidade.
Luz, Paz e Amor.
Amauri Valle, Domingo 22/04/2012.
Tenho dito!







APROVADO PROJETO DE AJUDA AO CORPO DE BOMBEIROS DE MACHADINHO

Nesta sexta feira, dia 20 de abril, em sessão ordinária, antecipada em razão da viagem dos Vereadores para participarem de curso de formação legislativa, foi aprovado pela Câmara de Vereadores projeto de Lei, do Executivo Municipal, oriundo de emenda ao orçamento efetuado pelo relator do Orçamento,  Vereador Amauri Valle,  que criou ficha orçamentária e destinou a importância de R$ 24.000,00 ( vinte e quatro mil reais) como ajuda financeira para que a corporação possa atender as pequenas despesas do dia a dia, que muitas vezes emperram o bom trabalho executado por estes abnegados homens e mulheres, que na visão dos brasileiros são os mais confiáveis servidores públicos. A corporação de Machadinho comandada pelo 3º Sargento Ferreira, é um exemplo de integração com a sociedade, composta por soldados competentes, excelentes e exemplares homens e mulheres que são não só o orgulho da corporação como o orgulho da nossa sociedade.
Em razão da mudança de data, alguns vereadores, inclusive o Vereador Amauri, não puderam estar presentes na sessão por compromissos assumidos anteriormente.
 A sessão foi brilhantemente  presidida pelo Vereador Ronaldinho do 5º BEC, tendo na mesa a vereador Ilda Eugênio e o Vereador Estácio Salomão, além dos vereadores: Ezequiel Junior, Celso Coelho e Nilton César, que aprovaram por unanimidade o projeto que tinha  parecer favorável da comissão de Constituição Justiça e Redação Final, presidida pelo Vereador Ezequiel. relator  Vereador Amauri Valle. membro vereador Eliomar Patrício, favoráveis ao projeto de Lei. Certamente no orçamento de 2013 que será aprovado este ano, nós de antemão iremos garantir mais recursos a estes homens que são tão importantes e tem contribuido diuturnamente com a gestão do município. Parabéns ao comandante e a todos os soldados que trabalham em Machadinho. A sociedade os respeita, porque é respeitada pelos senhores.
Amauri Valle, domingo 22/04/12
Tenho dito!

LUIZ FLÁVIO SE REUNE COM OS MORADORES DAS CASAS DO INCRA.


O vereador Amauri Valle, propos ao plenário a aprovação de uma Moção de Apoio aos servidores públicos que a décadas residem nas " CASAS DO INCRA", que foram construidas durante a implantação do projeto de assentamento e oferecida aos servidores que se aventurassem por estas terras, agora passados mais de 25 anos surge do "além" um superintendente que  sem conhecer a nossa história a não ser ter apaiado a campanha do atual prefeito, o que pensou lhe dava passaporte para ignorar a nossa história, que certamente não é igual a "estória" dele.  Passou por aqui com total apoio do Alcaide, nada produziu de bom e duradouro a não ser muita conversa, muita ameaça ao homens e mulheres pioneiros e que produzem sob o escaldante sol de Rondônia e por fim foi se embora sem deixar saudades, sem deixar uma única semente que produzisse bons frutos, nada, nada a não ser animosidade e problemas aos que aqui estão deste o primeiro dia. Flávio conhecedor e parte da nossa história, tem agora a missão de resgatar a verdade e de apoiar os que ajudaram fazer a história de Machadinho do Oeste.
Amauri Valle. Mdo Domingo 22/04/2012
Tenho dito!

FLÁVIO E SALES, A ÚLTIMA ESPERANÇA DOS AGRICULTORES.

Neste sábado, 21/04/2012, no plenário da Câmara de Vereadores de Machadinho do Oeste, os ex-prefeitos de Machadinho do Oeste, Luiz Flávio Ribeiro de Carvalho o superintendente estadual do INCRA, e Francisco de Sales, secretário adjunto da SEDAM, acompanhado de vereadores de Machadinho e do Vale do Anari, discutiram sobre as questões fundiárias de Machadinho e Vale do Anari. A reunião foi proposta pelo Edil representante do povo  do Vale do  Anari, para tratar das questões ligadas ao   " Quadrado do Burro" e Agrovilas 1-2 e 3, que possuem pendências ambientais e não tem a simpatia do ICM BIO, que gostaria de ver estas áreas incorporadas a reserva REBIO JARU.
Luiz Flávio tranqüilizou os moradores das áreas e disse que o INCRA  juntamente com a SEDAM e o ICM BIO, já equalizaram a questão destas terras,  que será oferecido ao ICM BIO área de mata equivalente ao assentamento como compensação pela troca. O superintendente disse ao vereador que pode procurá-lo que vai ser emitida autorização para que o programa LUZ PARA TODOS atenda os agricultores destas áreas, mas que será efetuado uma seleção prévia e somente ficará e receberá os que possuem perfil apropriado para ser assentado; ou seja, ser agricultor familiar. Durante as conversas Sales,  conclamou os agricultores a não colocarem fogo em suas propriedades, pelo bem  do Estado de Rondônia, e que está sendo agilizado a concessão de licença ambiental para os pequenos produtores de peixes, ou seja, áreas com lamina de água de até 5 ha., ou 02 alqueires não tem mais burocracia,  não estão exigindo título definitivo ou escritura pública para conceder a autorização.
Em sua conversa o superintendente do INCRA, disse que o PA Machadinho vai ser usado como modelo para regularização das questões fundiárias que assolam o Estado de Rondônia, e que Governo do Estado, o programa Terra Legal e o INCRA, agora estão "falando a mesma língua" vão fazer um mutirão para resolver de uma vez por todas as questões da falta de documentos destas terras, de 05. a 240 ha. vai ser regularizado e titulado em nome do detentor da posse, terra para quem produz nela,  independente de quem seja. Luiz Flávio tratou da questão dos assentados nas terras do "Galo Veio" e Pascoal Novaes, que serão regularizados, mas advertiu os que são detentores de terras nestas localidades, se não tem o perfil exigido do agricultor familiar, não vão receber o seu pedaço e é bom que nem pegue, pois em função do elevado preço das terras de Rondônia, em média R$ 100.000,00 (cem mil reais) para cada parcela entregue ao assentado, não será mais tolerado a comercialização (compra e venda) das parcelas,  a Polícia Federal é quem vai cuidar do caso daqui para frente. Nos discursos, o Vereador Amauri Valle, parabenizou Flávio e Sales, e disse que nunca este município teve dois homens que foram prefeitos e conhecem a nossa realidade, Flávio foi um dos responsáveis pela implantação do projeto Machadinho e Sales um dos primeiros prefeitos,  hoje ocupam cargos chaves e de grande importância no cenário estadual, homens de confiança do governador e do PMDB estadual, portanto sobre suas contas recai uma grande responsabilidade pois  este povo está cansado de tantas promessas e conversas de políticos que falam muito agem pouco, trabalham para si, esquecem-se do povo que os elegeu,  o que os torna descrentes.
 O vereador Amauri Valle, parabenizou Sales e Flávio, afirmou que tem grandes expectativas e confiança no trabalho destes homens, Sales para desburocratizar e acelerar a concessão  das importantes licenças ambientais para quem quer produzir com sustentabilidade, Flávio para agilizar a entrega da documentação das terras, importante instrumento de segurança jurídica e de crédito aos que trabalham diuturnamente para produzirem alimentos para o povo.
Saímos da reunião com a certeza que teremos importantes avanços no processo fundiário do Estado graças a dois Machadinhenses que conhecem a nossa realidade, estão aptos e capacitados para exercerem o vital papel que lhes foi imputado pela sociedade. O sucesso vosso é o sucesso de nossa sociedade, não nos decepcione mais uma vez, pois o povo sofrido e cansado já não pode mais esperar pelo que lhes é de direito.
Amauri Valle - Domingo 22/04/2012
Tenho dito!

sábado, 21 de abril de 2012

DEPUTADO MARCOS ROGÉRIO ESPERANÇA DE RONDÔNIA.



Vereador Amauri, Deputado Marcos Rogério, Vice-Governador Airton Gurgaz, Amilton da Montcar.
Ontem esteve em Machadinho do |Oeste, o  Deputado Marcos Rogério, (PDT) recém empossado em seu cargo em Brasília, no lugar de Lindomar Garçom ( PV) que perdeu o mandato. Marcos Rogério  que tive o prazer de conhecer durante sua humilde campanha, capitaneada pelos Jovens: Tarcísio, Cristiano Estevão e Marcos Bortoloti, todos da Igreja Assembléia de Deus, de cujo seio saiu o  Deputado. Me simpatizei com o candidato desde o primeiro dia pela sua humildade, sinceridade e luta mesmo sabendo das dificuldades. Agora ao acompanhar o seu trabalho em Brasília e o seu discurso coerente e concatenado com a realidade e expectativas do povo me convenci  que é uma necessidade a renovação dos quadros políticos sejam eles na esfera Federal, Estadual ou Municipal. A renovação das lideranças oxigena a política trazendo para o debate em torno dos grandes temas de interesse do povo, "sangue novo" com disposição para trabalhar e mostrar serviço à sociedade. Machadinho só teve a ganhar com a eleição do Jovem Deputado e Membro da Assembléia de Deus, pois o mesmo em razão dos amigos que o ajudaram, está devolvendo  em forma de trabalho e de recursos enviados através de emenda parlamentar, que irá beneficiar milhares de moradores e a cidade como um todo.  Marcos Rogério continue a sua caminhada crente e temente a Deus, não se deixe iludir pela trasitoriedade do poder, não caia na tentação da corrupção, que como disse o senador Acir Gurgaz, é um Câncer que necessita ser urgentemente estirpado da política, expurgando e mandando para a cadeia estes corruptos e ladrões dos dinheiro público. Certamente que Vossa Excelência terá  milhares de votos no próximo pleito pois nosso povo saberá reconhecer o trabalho dos que não o esqueceram e abandoram depois de eleitos, como muitos hipócritas que depois de se fartarem na água límpida jogam estrume na riacho que matou a sede, pensando que nunca mais voltarão pelo mesmo caminho.
Tenho dito!

ACIR GURGAZ LANÇA AMILTON DA "MONTCAR" COMO PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO.


Nesta sexta feira dia 20 de abril, em reunião no centro cultural Marinha Andrade, esteve presente o Senador da República,  Acir Gurgaz ( PDT) e Vice-Governador Airton Gurgaz ( PDT), o deputado federal Marcos Rogério ( PDT) e o deputado estadual Saulo da Renascer ( PDT),  secretário municipal,  vereadores, autoridades, e dezenas de convidados para ouvirem os nossos representantes no Estado e na União, que vierem conhecer de perto a nossa realidade e se comprometerem em mandar mais recursos para nossa cidade através de emenda parlamentar.
 Após os discursos de todos os presentes na mesa de honra, o anfitrião, AMILTON DA MONTCAR, anunciou a todos que o (PDT), vai ter candidato a majoritária de Machadinho e naquele momente estava declarando-se como pré-candidato à prefeito e se for para o bem do município talvez a vice para compor com outros partidos. Em seu discurso o Senador Acir Gurgaz, foi enfático em afirmar que  Amilton tem todo o apoio do partido que não vai interferir de maneira alguma nas coligações e decisões que forem tomadas pelo diretório municipal, o Senador foi enfático em afirmar que vai assinar em baixo da decisões tomadas aqui, no que foi seguido pelos discursos do Vice-Governador e dos dois deputados.

SOBRE O CONCURSO PÚBLICO DE MACHADINHO.



Vereador Amauri Valle e o  Senador Acir Gurgaz

Estou lendo constantemente neste BLOG, sobre a lisura do concurso público de Machadinho do Oeste, eu não posso provar que não houve irregularidade, ou mesmo indícios;  tanto quanto os que acusam de ter havido fraudes, não podem provar  que houve irregularidades. Eu acompanhei o trabalho da empresa, minha esposa trabalhou como fiscal, e tudo que eu pude ver por parte das pessoas que representam a FUNCAB,  foi lisura na maneira como as provas foram distribuidas e recolhidas, sendo obrigatório os fiscais conferirem os cartões resposta para ver se não tinha ficado questões em branco que poderiam ser alteradas mais tarde.  Eu particularmente não acredito que uma empresa do porte de FUNCAB, que presta concursos para os mais respeitados orgãos da administração pública entre eles: Tribunal de Contas, Tribunal de Justiça, Ministério Público, colocasse o nome e a reputação a perder para favorecer quatro servidores da prefeitura  de Machadinho em um concurso que receberam  em torno de R$ 220.000,00. Tudo é possível, mas eu não acredito,  gostaria de informar que como vereador  sou  ferrenho lutador contra a corrupção e as "safadezas e pilantragens" de alguns políticos, mas não podemos generalizar as acusações fazendo um pré-julgamento das pessoas, partindo da premissa que pelo simples fato de trabalharem ao lado do prefeito, não tenham qualquer tipo de capacidade  cognitiva e  intelectual para conseguir uma mísera nota 52  concorrendo para o cargo de jardineiro cuja exigência era o ensino fundamental, como foi o caso de uma servidora, e para tratorista como foi o caso do irmão do prefeito.  Ora, aqueles que não conseguiram a nota mínima certamente não foi pela participação de "amigos e amigas" do prefeito, foi porque não estudaram  e se prepararam o suficiente, uma vez que com a FUNCAB não anulou questões corretas de ninguém por pura maldade,  se tiverem dúvidas é um direito recorrer e pedir revisão das provas.
O que vamos acompanhar vai ser as contratações, porque antes de ser contratado jardineiro e tratorista tem muitos outros cargos que necessitam de servidores com mais urgência,  em especial a correta chamada pela ordem de classificação.  Aqueles que estão criticando os vereadores em especial a mim, é só apresentarem provas ou indícios que houve fraude no concurso  que no outro dia o ministério público está sendo comunicado.  Vereador Amauri Valle. A verdade vai sempre prevalecer.
Tenho dito!

É VERDADE, MAS VOCÊ NÃO VAI ACREDITAR, TENHO CERTEZA.

Era uma vez, nos tempos passados e também no tempo presente, uma pequena cidadezinha do interior, muito no interior de um grande País. Esta cidadezinha, nova na história do Estado mas muito promissora, formada por gente vinda de todos os rincões, homens e mulheres que vieram dos rigores do frio sulista,  e que apesar do calor escaldante da pequena cidade, tomavam alegremente o seu "mate" diário, como se fosse o mais refrescante dos sucos, tudo em nome da tradição. Tinha homens e mulheres que vierem do nordeste deste País, e trouxeram junto a sua famosa "buchada de bode", e também o tratavam como um manjar dos deuses, tudo em nome da tradição. Tinha  os que vierem do sudeste do País, e faziam  queijo como ninguém. Enfim a pequena cidadezinha encravada nos confins do País era uma verdadeira democracia demográfica, onde viviam e conviviam harmoniosamente, - apesar de alguns tiros de vez em quando - entre si, trabalhando e progredindo, pois a terra era generosa, com muita água, muita chuva, muito sol o ano todo, onde  tudo o que se planta, se bem cuidado produz. Mas esta pequena cidade situada nos confins do mundo, padecia desde a sua fundação de um problema crônico com relação à escolha do homem ou mulher que por um determinado período deveria ser o gestor dos recursos que pertencem ao povo, enfim, aquele que representaria os anseios dos residêntes e dos que querem residir no pequeno lugar. Mas por falta de prática, e muitas vezes embasbacados pelos belos discursos ou pela não aceitação pura e simples de alguns nomes postos à disposição, os cidadãos em diversas ocasiões e esta foi uma delas-  acabaram por escolher nomes que não se revelaram dos melhores, inclusive chegando ao ponto de entregar o destino do povo residentes fora de suas fronteiras e que por mais de uma vez dilapidaram os seus já parcos recursos. Mas o aprendizado é muito difícil e doído,  toda vez que era necessário escolher um novo gestor tinha-se um problema com a indicação de nomes que eram "enfiados goela abaixo" do povo, que sem saber o que fazer e revoltados com a imposição, criaram a estratégia do "voto de protesto", que como dizia um velho conhecido "fabricador" de farinha  de  tubérculo: este voto de protesto, no final se vira contra quem protestou. Sabedoria popular pura e simples, mas contendo a experiência de quem já viu muitas coisas acontecerem e sabia que aconteceria também na pequena cidade. Inclusive na última vez que o povo se reuniu para escolher o  homem que conduziria os destinos da terra, novamente resolveu protestar contra o homem que veio do povo, se beneficiou das benesses propiciadas pelo povo, mas que não amava o povo, pois queria ficar sempre na memória como o seu salvador, e no final terminava por fazer o povo sofrer, pois sempre indicava e apoiava um nome que não tinha qualquer ligação com o povo da terra, geralmente “empurrava e continua querendo empurrar” um nome conhecido do pequeno núcleo da sociedade, mas um completamente desconhecido da  grande massa do povo, daquela que tem muito peso eleitoral mas pouco tempo para dissecar o conhecimento dos nomes apresentados. Em razão disto  o povo se revolta e protesta, e cada vez fica pior a situação do lugar, pois o escolhido não consegue o amor e o apoio dos cidadãos, e no final não é "nem amado nem temido, simplesmente ignorado".  O que aconteceu com o último escolhido, indicado pelo povo por  revolta pela forma como foi imposto alguns nomes, e terminaram por escolher o mais improvável dos que estavam no páreo disputando a indicação, tão improvável que nem ele acreditou quando terminou o sufrágio  e veio o resultado final indicando que o último agora era o primeiro.  Vivas e urras alegria de alguns, tristeza de muitos, sim porque no atual sistema geralmente o escolhido nunca tem mais que 30% de apoio, e outros 70% da população apóiam, porque não queriam ou simplesmente ignoram o nome escolhido o que no final dá no mesmo e  determina o sucesso ou não do eleito,  o progresso ou não da sociedade.  Mas voltando a  história, o último escolhido quando viu o seu nome vitorioso estufou o peito e em alto e bom tom tascou: vou mostrar como se gerencia uma cidade sem apoio de ninguém, pois eu não preciso de governador, deputado, senador, vereador então, afinal para que servem a não ser querer me fiscalizar, eu  vou é  administrar  com o ministério público, que vai ser o meu parceiro, como  vivemos em um mundo onde a moda é parceria e vou fazer parceria com o promotor e com ninguém mais.
ONTEM FICOU PATENTE QUE  O HOMEM ESCOLHIDO PELO POVO PARA DEFINIR OS RUMOS DA ECONOMIA E DA CIDADE, REALMENTE NÃO PRECISA DE NINGUÉM PARA CUMPRIR AS SUAS METAS,  SE É QUE TEM ALGUMA. POR MAIS INCRÍVEL QUE POSSA PAREÇER, VEIO ATÉ A SUA CIDADE UM SENADOR DA REPÚBLICA, UM VICE-GOVERNADOR DE ESTADO, UM DEPUTADO QUE  REPRESENTA NA CÂMARA FEDERAL, UM DEPUTADO QUE REPRESENTA O POVO NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA, QUASE TODOS OS VEREADORES DO SEU MUNICÍPIO, E MUITOS HOMENS E MULHERES DO POVO, EM PLENA SEXTA FEIRA, VÉSPERA DE FERIADO, ESTES IMPORTANTES HOMENS, QUE TEM DESTINADO MILHARES DE REAIS PARA O  PEQUENO MUNICÍPIO BENEFICIAR O POVO,  SE DESLOCAM DE SEUS LARES, E AO AQUI CHEGAREM NÃO ENCONTRAM O MAIS ILUSTRE REPRESENTANTE DO POVO, QUE PASSOU O DIA TODO CIRCULANDO E EM SEU BRINQUEDINHO BRINDADO, SENDO REPRESENTADO NA MESA POR UM DE SEUS SECRETÁRIOS QUE AO DISCURSAR PEDE DESCULPAS AOS PRESENTES POR NÃO SABER QUE IRIA REPRESENTAR O ALCAIDE  E POR ISSO NÃO  ESTAVA PREPARADO PARA TAL. MAS TEM QUE SER PARABENIZADO POIS AO MENOS LÁ ESTAVA E NO  HORÁRIO MARCADO, E TEVE A CORAGEM DE SER HONESTO COM AS AUTORIDADES, AFINAL O SEU PAPEL É OUTRO. MAS EIS QUE QUANDO A REUNIÃO JÁ IA PELO MEIO ESTRIDENTEMENTE CHEGA O ILUSTRE REPRESENTANTE ACOMPANHADO DE UM SÉQUITO DE SEGURANÇA E SECRETÁRIOS DE ADENTRAM O RECINTO  CUMPRIMENTADO O POVO, E TODA A MESA POSTA, TROCANDO DE LUGARES, ENFIM FAZENDO O SEU MARKETING PESSOAL SENTANDO AO LADO DO SENADOR, AFINAL NÃO É TODO DIA QUE UMA PEQUENA CIDADE RECEBE A VISITA DE TÃO ILUSTRE CIDADÃO. MAS ISTO AINDA NÃO ERA TUDO, QUANDO O POVO PENSA QUE NADA MAIS TEM PARA SER VISTO, AI SE DÁ CONTA QUE AINDA NÃO VIU NADA, POIS JÁ IA ALTO A REUNIÃO E QUANDO NO MEIO DO BELO DISCURSO DO ILUSTRE REPRESENTANTE NA CÂMARA FEDERAL QUE IA INFORMAVA AOS PRESENTES E A MESA  O QUANTO  GOSTA DESTA TERRA E QUE ESTÁ DESTINANDO RECURSOS PARA MELHORAR O  VIDA DO POVO, POR MAIS INCRÍVEL QUE POSSA PARECER O ALCAIDE SIMPLESMENTE SE LEVANTA, DA TCHAIZINHO PARA A MESA SAI CUMPRIMENTANDO O POVO ACOMPANHADO DO SEU SÉQUITO, QUE AO PRIMEIRO MOVIMENTO DO CHEFE SE LEVANTARAM  EM ÚNISSONO NO MEIO DO POVO E O ACOMPANHAM  PARA FORA DO RECINTO CERTAMENTE EM SEU FRENÉTICO VAI E VEM VISITANDO AS GRANDES OBRAS DO MUNICÍPIO. AOS QUE ESTAVAM NA MESA NADA RESTOU A NÃO SER A VERGONHA PELO MAL ESTAR REINANTE, ESPECIALMENTE QUANDO ORADOR FEZ SUA ILAÇÃO: O PREFEITO ESTÁ SAINDO, POIS DEVE TER ALGUM COMPOROMISSO INADIÁVEL AGORA ÀS 16 HORAS E  REALMENTE TINHA, POIS ÀS 16h45min ESTAVAM CIRCULANDO ALEGREMENTE COM A SUA VIATURA BLINDADA, SEU SEGURANÇA E SEUS SECRETÁRIOS,  VINDO PELA AVENIDA BRASIL, SAINDO DA GETÚLIO VARGAS E SUBINDO PELO DIOMERO MORAIS BORBA FISCALIZANDO OS BURACOS QUE AINDA TINHAM RESISTIDO AO  “TAPA BURACOS” EFETUADO NO DIA. ILUSTRES REPRESENTANTES, HOMENS DE MUITOS COMPROMISSOS EM TODO O ESTADO, NÃO SE SINTAM FRUSTADOS  E NÃO ABANDONEM  NOSSA CIDADE,  POIS ALGUNS JÁ O FIZERAM, E O POVO NÃO MERECE, AFINAL ERRAR É HUMANO, FELIZMENTE SOMOS HUMANOS, POR ISSO  COMETEMOS ERROS, MAS PEDIMOS DESCULPAS PELOS NOSSOS DESLIZES  E PODEM TER CERTEZA QUE PARA O POVO DESTA TERRA E PARA OS QUE OS REPRESENTAM NO LEGISLATIVO VOSSAS EXCELÊNCIAS SERÃO SEMPRE BEM VINDOS EM NOSSA PEQUENA, MAS GLORIOSA CIDADE.
Tenho dito!

sexta-feira, 20 de abril de 2012

CERTIDÃO DE QUITAÇÃO ELEITORAL DO VEREADOR AMAURI VALLE

 

Certidão de quitação eleitoral


A Certidão de Quitação Eleitoral destina-se a atestar, conforme disciplinado pelo § 7º do art. 11 da Lei nº 9.504, de 1997, a existência/inexistência de registro no histórico da inscrição (título) do interessado no cadastro eleitoral de restrição no que se refere “a plenitude do gozo dos direitos políticos, o regular exercício do voto, o atendimento a convocações da Justiça Eleitoral para auxiliar os trabalhos relativos ao pleito, a inexistência de multas aplicadas, em caráter definitivo, pela Justiça Eleitoral e não remitidas, e a apresentação de contas de campanha eleitoral”.

<><>
<><>
<><>
<><>
<><>
CC

                   

quarta-feira, 18 de abril de 2012

EX- SECRETÁRIA ADJUNTA DE SAÚDE SE DIZ MARCADA PARA MORRER.

18/04/2012 - 16h32min - Atualizado em 18/04/2012 - 16h32min

Ex-secretária se diz marcada para morrer

Ela é acusada de ter participado do pagamento de R$ 2 milhões à empresa Reflexo, que seria do deputado Valter Araújo. Assista o vídeo.
Porto Velho, Rondônia - “Meus aigos, na vida tem momento para tudo. Tem momento em que a gente tem que chorar e tem momento para sorrir. Esse é o momento de eu chorar. Estou aqui para pedir proteção à minha vida porque hoje sou uma mulher aos 42 anos marcada para morrer precocemente sem concluir meus projetos e sem criar minhas filhas”.
Assim começa um depoimento em vídeo postado na Internet, onde a ex-assessora técnica e ex-secretária-adjunta da Saúde nos governos Cassol e Cahulla, Josefa Nunes Ramos, de 42 anos, explica que há um grupo interessado em seu silêncio e outro querendo que ela fale. Os bens dela estão indisponíveis porque ela é acusada de ter participado do pagamento de R$ 2 milhões à empresa Reflexo, que seria do deputado Valter Araújo (PTB-Porto Velho).

No vídeo, Josefa Ramos conta que apesar de haver decisão judicial determinando que nada mais fosse pago, a Reflexo recebeu o dinheiro porque havia uma decisão de governo. “Eu não depositei R$ 6 milhões na conta de Valter Araújo. O dinheiro público anda por um sistema. Ele (o dinheiro) saiu na Secretaria da Fazenda Pública e caiu no sistema de pagamento da Secretaria de Estado da Saúde. O secretário fez uma ordem bancária, que foi para o Banco do Brasil e foi paga”, contou.

Ela explicou que o processo tem assinatura de representantes de todos os órgãos capazes de validar um processo administrativo. Acrescentou que o processo foi instruído e que houve um realinhamento de preços autorizado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE) e pela Controladoria Geral do Estado (CGE). Detalhou, ainda, que tudo foi publicado em Diário Oficial e que foi feito um acordo de governo, para que em vez de ser pago R$ 23 milhões através de um realinhamento de preços, fosse pago R$ 2 milhões em duas parcelas.

“Foi uma decisão de governo. Se ele (o deputado Valter Araújo) praticava tráfico de influencia, se ele cometeu o crime que dizem que cometeu, eu não tenho nada a ver com isso. Não tenho dinheiro para pagar banca de advogado, não tenho dinheiro para comprar a imprensa. Só tenho a minha palavra. Se eu ficar calada, dirão que faço parte do bando de Valter Araújo. Se eu falar, a sociedade vai perguntar quem foi que mandou pagar o processo, quem foi que mandou transferir o dinheiro”, contou Josefa Ramos.

Ela pede para ser ouvida pela Justiça e acusa o governo Cassol de fazer recolhimento de dinheiro para calar a boca da imprensa. “Se calavam (os veículos de comunicação, segundo ela) porque era dado grão de milho todos os meses”, afirmou. Em seguida, Josefa Ramos contou que foi envolvida, segundo ela, injustamente na Operação Termópilas, em que o presidente da Assembleia Legislativa, Valter Araújo, foi preso.

A ex-secretária-adjunta da Sesau alegou, ainda, que em outubro de 2010 o então deputado Amauri dos Santos (PMDB-Jaru) teria ido ao gabinete dela e dito que se o processo fosse pago à empresa Reflexo, ela seria envolvida em uma trama que já estaria planejada e com uma liminar pronta. Josefa Ramos disse, ainda, que Amauri foi ao gabinete para intimidá-la.

Ela afirma que está denunciando o crime organizado em Rondônia, coisa que compete ao Ministério Público. Alegou, também, que aconselhou a não pagar (o processo), porque sabia que se envolveria em uma situação na qual se prejudicaria muito, porque ficaria sem direito a apresentar defesa.

“(Essa situação) Envolve o deputado foragido Valter Araújo. Eu não tenho nenhuma ligação com ele. O que fiz foi o mesmo procedimento que adotei em mais de 20 mil processos. Dei despachos e assinei. O processo foi pago porque não caberia a mim impedir de pagar. A liminar determinava que não fosse paga a segunda parte do processo, mas houve uma decisão de governo para que fosse paga”, acrescentou Josefa Ramos.

O processo tramita na Primeira Vara da Fazenda Pública sob o número 001054, de 29/11/2011, envolvendo o ex-secretário de Estado da Saúde, Milton Moreira, a empresa Reflexo e Josefa Nunes Ramos. “Posso até estar morta amanhã, mas minhas filhas não se envergonharão de mim. A sociedade não se envergonhará de mim”, destacou.

Nilton Salina